Rei Édipo – Sófocles

ImageRei Édipo – Sófocles

Escrita por Sófocles em meados de 427 a.C., Édipo Rei é uma peça de teatro grega, pertencenete à Literatura e classificada como uma Tragédia.

A obra trata de um assunto muito polêmico em todo o mundo: O Incesto.

O enredo da história se passa em uma cidade da Grécia antiga chamada Tebas, em frente ao palácio do rei Édipo, sua rainha e suas duas filhas.

Um dos fatores mais interessantes no decorrer da tragédia, é a sensação de confusão que a mesma proporciona ao leitor em seu desenrolar. De início, nada parece fazer muito sentido, mas aos poucos, peças começam a se encaixar como um grande quebra-cabeças e os fatos, aos poucos, começam a ganhar total clareza e entendimento.

Estão presentes na tragédia como personagens o rei Édipo, o Sacerdote, Creonte, Tirésias, Jocasta, um Mensageiro, um Servo e um Emissário. Pelo fato da peça ser tanto quanto curta, não há muitos fatos a serem citados por aqui, caso contrário, faria com que todos se desanimassem em ler tal tragédia…  Entretanto, há um fator que gostaria de ressaltar com relação a mesma, um fator que, ao meu ver, os deixariam interessados o suficinete para conhecê-la um pouco mais!

Estou prestes a citar aqui algo que provavelmente algumas pessoas tenham conhecimento a respeito. Obviamente, alguns de vocês já ouviram dizer ou já leram algo a respeito sobre o “Complexo de Édipo”, um termo utilizado na Psicanálise que, de acordo com Freud, é quando a criança chega no estado sexual fálico e então, passa a ter o discernimento dos sexos. Para conceitualizar tal fato psicanalítico, Freud tomou como base a tragédia grega do Rei Édipo, o que o ajudou a caracterizar o complexo em questão.

Seria complicado e sem graça explicar por meio de uma síntese, grande parte das causas do Complexo de Édipo, mas, particularmente, após a leitura da tragédia, me interessei muito pelo assunto e eu, com toda a certeza, indico a todos vocês essa maravilhosa peça! Tenho certeza de que não irão se arrepender! Me diverti muito, e espero que se sintam instigados a ler depois de toda essa minha descrição!

Uma boa leitura a todos!

Anúncios

Deixados para Trás – Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins

Deixados Para Trás - Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins
Deixados Para Trás – Tim LaHaye e Jerry B. Jenkins

Eis que o fim dos tempos chega, num voo alguns passageiros simplesmente desaparecem deixando para trás todas as roupas, joias e ate mesmo aparelhos que seriam essenciais para a sobrevivência como marcapassos e próteses.

O panico é geral, aviões caíram  carros bateram e o caos foi plantado pelo simples sumiço de uma parte da população mundial, pessoas começam a inventar várias suposições do que poderia ter acontecido e como poderiam recuperar seus parentes e amigos.

Porem a justificativa é mais simples e complexa de compreender o que houve foi o arrebatamento biblio, o fim dos tempos de acordo com a religião católica esta acontecendo e a “prova” disso é que um padre que também desapareceu sabia que isso iria ocorrer e preparou um video contendo todas as informações do ocorrido, ele sabia que seria levado.

Contudo o Padre alertou sobre o surgimento do real vilão da historia, o anticristo iria surgir vindo de um pais pequeno e ele seria o real causador do sofrimento e destruição de muitos, com isso surge Nicolai.

O livro nós leva ao um mundo totalmente espiritual, apenas de conter dezenas de vezes “Jesus Cristo” e parte disso passar a ficar massante a ideia do livro é legal, o caos apresentado pelo inicio do fim é bem interessante, e a apresentação do tão temido anticristo é surpreendente. Caso se tenha paciência para uma coisa mais religiosa melosa é um bom livro, a historia é bem interessante.

Brisingr – Christopher Paolini

Brisingr - Christopher Paolini
Brisingr – Christopher Paolini

Neste terceiro livro a guerra esta em seu auge as batalhas são descritas de forma memorial, é alucinante a forma como as coisas se desenrolam. A batalha entre Eragon e seu irmão que esta sendo controlado por Galbatorix é a parte mais incrível deste livro.

Os elfos vão a guerra junto com Eragon que renasceu e se tornou algo único  meio humano e meio elfo quebrando o preconceito que sofria por parte dos que o treinavam. Até mesmo seu mestre um cavaleiro imperfeito que a muito não participava dos assuntos de fora da terra dos elfos vai a guerra juntamente com o seu aprendiz.

E claro que o livro acaba na parte mais alucinante, a historia criada é incrivelmente bem elaborada, acabamos nos apegando aos personagens de forma intima. Sem contar que o romance implícito entre Eragon e a Elfa Arya finalmente toma uma guinada diferente onde ela se abre. No final das contas Eragon conseguiu conquistar com sua força e coragem o coração da mulher eterna, da elfa que tem algumas dezenas de vezes a sua idade.

Eu recomento e muito a leitura deste porém aconselho fortemente que se tenha o ultimo da serie em mãos para não passar raiva pela curiosidade.

Eldest – Christopher Paolini

Eldest - Christopher Paolini
Eldest – Christopher Paolini

Nesta nova aventura Eragon esta mais forte e continua seu treinamento com os elfos com os quais aprende mais e mais a cada dia e acaba sendo surpreendido quando descobre que ele não é o ultimo cavaleiro de dragão, contudo a grande surpresa deste livro esta em Roran, seu primo que acaba de mostrando um grande estrategista e excelente guerreiro.

Roran acaba sendo parte essencial para a luta contra Galbatorix, se mostrando a cada dia um melhor líder em batalha, ao mesmo tempo o líder dos Varden morre e sua jovem filha acaba assumindo a liderança dos exércitos, o que aparentemente seria desastroso acaba mudando a historia totalmente pra algo mais complexo, onde cada movimento do exercito terá um resultado daqui dias ou meses, a guerra acaba se tornando um duelo de xadrez.

O segundo livro da serie nos transporta para o inicio da grande batalha, Eragon esta envolvido com um treinamento rigoroso onde ele acaba sendo levado ao extremo, uma vez que os elfos acham a ideia de um cavaleiro de Dragão humano ridícula e não conseguem acreditar que todas as esperanças de destruir o mal estão num simples garoto, contudo o esforço de Eragon assim como a surpresa dos elfos é sublime.

Como já havia comentado sobre o livro anterior da serie, Eldest é totalmente viciante , quando se pega o livro e se inicia a viagem pelo mundo criado por Paolini simplesmente é muito difícil de sair, é o tipo de livro que quanto mais perto do fim você chega mais lento fica a leitura para que dure mais.

Bento – André Vianco

Bento - André Vianco
Bento – André Vianco

A luta entre duas forças igualmente destrutivas, num mundo pós apocalíptico onde os humanos tem que viver em fortificações para sobreviver aos ataques de vampiros que são a raça dominante que cada dia crescem mais e mais uma nova raça surge, os bentos.

Após a noite maldita uma boa parte da população mundial caiu num sono profundo, com o passar do tempo alguns acordavam malditos, sugadores de sangue que matavam sem nenhuma misericórdia, outros acordavam humanos porem com uma sede de batalha e com um gosto pela caçada aos vampiros como nenhum outro humano seria capaz de ser até que surgiu o Lucas, um bento que tinha a força dos vampiros e o coração humano, suas habilidades e conquistas como bento nunca poderiam ser comparadas com nenhum outro.

Lucas veio para alterar a balança quebrar o impossível e destruir a maldição dos malditos, e com ele vieram os milagres, e com esses milagres o jogo mudou de sentido e os humanos passaram de caça para caçadores.

O livro tem um excelente desfecho, apesar de ser parte de uma triologia adorei a forma como a história é bem estruturada e como o mesmo consegue brincar com nossa imaginação em ver um humano capaz de ser único em meio ao desespero.

Apesar da mistica dos vampiros serem mais “clássicas” como ingleses ou europeus a ideia de um Brasil pós apocalíptico com eles literalmente comandando e sempre em caçadas por “rios de sangue” que são adormecidos que permanecem vivos ate acordarem sem a necessidade de alimento ou cuidados é muito legal.

Principalmente por ser um autor Brasileiro e por essa magia que ele conseguiu adicionar ao livro eu recomendo, é um excelente livro!

Eragon – Christopher Paolini

Eragon - Christopher Paolini
Eragon - Christopher Paolini

A princípio encarei o livro como apenas mais um baseado no senhor dos anéis, coisa que já estava me incomodando pela quantidade de livros assim, porém depois das primeiras 50 longas páginas, a história se transforma, começa a trama  e de tal forma que é impossível se desprender do livro, é como se você se sentisse obrigado a carregá-lo por todos os cantos pra mergulhar nele novamente.

O protagonista sofre muitas vezes durante a narração, e o que o salva,  é a sanguinária e ao mesmo tempo amável Safira, um dragão.

O clímax do primeiro livro da saga é o conflito interno de Eragon. Ele sente a pressão crescendo, pois, toda a esperança está direcionada a ele, todos acreditam que com o surgimento de mais um cavaleiro de dragão a guerra estará ganha, e que Eragon um garoto vai destronar um tirano com mais de cem anos de experiência, tanto na espada quanto na magia.

O livro no geral é muito bom, recomendo que leiam assim que possível e sempre preparem o próximo exemplar da série, porque  as guerras são fenomenais, o sentimento é de que você está no meio da batalha, ao lado de Safira e suas incríveis armas, cortando com suas garras, mastigando ou simplesmente torrando os soldados que se prostram contra ela.

Abraço galera, boa leitura e até a próxima !