Eldest – Christopher Paolini

Eldest - Christopher Paolini
Eldest – Christopher Paolini

Nesta nova aventura Eragon esta mais forte e continua seu treinamento com os elfos com os quais aprende mais e mais a cada dia e acaba sendo surpreendido quando descobre que ele não é o ultimo cavaleiro de dragão, contudo a grande surpresa deste livro esta em Roran, seu primo que acaba de mostrando um grande estrategista e excelente guerreiro.

Roran acaba sendo parte essencial para a luta contra Galbatorix, se mostrando a cada dia um melhor líder em batalha, ao mesmo tempo o líder dos Varden morre e sua jovem filha acaba assumindo a liderança dos exércitos, o que aparentemente seria desastroso acaba mudando a historia totalmente pra algo mais complexo, onde cada movimento do exercito terá um resultado daqui dias ou meses, a guerra acaba se tornando um duelo de xadrez.

O segundo livro da serie nos transporta para o inicio da grande batalha, Eragon esta envolvido com um treinamento rigoroso onde ele acaba sendo levado ao extremo, uma vez que os elfos acham a ideia de um cavaleiro de Dragão humano ridícula e não conseguem acreditar que todas as esperanças de destruir o mal estão num simples garoto, contudo o esforço de Eragon assim como a surpresa dos elfos é sublime.

Como já havia comentado sobre o livro anterior da serie, Eldest é totalmente viciante , quando se pega o livro e se inicia a viagem pelo mundo criado por Paolini simplesmente é muito difícil de sair, é o tipo de livro que quanto mais perto do fim você chega mais lento fica a leitura para que dure mais.

Anúncios

Eragon – Christopher Paolini

Eragon - Christopher Paolini
Eragon - Christopher Paolini

A princípio encarei o livro como apenas mais um baseado no senhor dos anéis, coisa que já estava me incomodando pela quantidade de livros assim, porém depois das primeiras 50 longas páginas, a história se transforma, começa a trama  e de tal forma que é impossível se desprender do livro, é como se você se sentisse obrigado a carregá-lo por todos os cantos pra mergulhar nele novamente.

O protagonista sofre muitas vezes durante a narração, e o que o salva,  é a sanguinária e ao mesmo tempo amável Safira, um dragão.

O clímax do primeiro livro da saga é o conflito interno de Eragon. Ele sente a pressão crescendo, pois, toda a esperança está direcionada a ele, todos acreditam que com o surgimento de mais um cavaleiro de dragão a guerra estará ganha, e que Eragon um garoto vai destronar um tirano com mais de cem anos de experiência, tanto na espada quanto na magia.

O livro no geral é muito bom, recomendo que leiam assim que possível e sempre preparem o próximo exemplar da série, porque  as guerras são fenomenais, o sentimento é de que você está no meio da batalha, ao lado de Safira e suas incríveis armas, cortando com suas garras, mastigando ou simplesmente torrando os soldados que se prostram contra ela.

Abraço galera, boa leitura e até a próxima !