O vampiro rei 2 – André Vianco

O vampiro rei 2 - André Vianco
O vampiro rei 2 – André Vianco

O ultimo livro da serie do Vampiro Rei, nesta ultima etapa Lucas já é tratado com respeito e admiração por todos e vai finalmente para a guerra contra o exercito dos “malditos”, contando com uma ajuda inesperada e sempre ao lado de seus Bentos e bravos soldados humanos ele cria uma estrategia para a destruição das forças principais do vampiro rei que fica a cada momento mais organizado e em constante crescimento.

Contudo a chegada do Vampiro Rei e seus guardas pessoais acaba mudando as variáveis da historia e com isso ocorre uma memorável reviravolta, e se inicia o verdadeiro desenrolar .

A Ideia principal do livro assim como o seu final foram bem interessantes, até mesmo levando em consideração que normalmente, em minha humilde opinião, o autor tem o costume de se perder nos finais. Também é importante ressaltar que o livro deixou no ar uma possível continuação.

Esta recomendadíssimo, principalmente pela história se desenvolver em território brasileiro.

O vampiro rei 1 – André Vianco

O Vampiro Rei - Vol. 1 - André Vianco
O Vampiro Rei – Vol. 1 – André Vianco

Lucas o bento esperado passa de apenas um guerreiro que não entende o mundo em que acaba de acordar para se tornar o líder de todas as fortificações humanas. As batalhas se tornam mais intensas e o verdadeiro vilão começa a mover suas peças, a trama começa a se entrelaçar e as forças dos vampiros ganham também um novo líder. Mesmo mediante a toda a responsabilidade que é depositado nas costas de Lucas ele meio que na defensiva acaba  aceitando com coragem e se mostrando a cada momento do Livro ser nobre e forte fazendo com que os orgulhosos bentos se tornem  leais a ele começando assim a realizar as profecias tão esperadas.

Apesar de achar que o autor costuma se perder nos finais de seus livros, até o momento esta se desenrolando de uma forma bem interessante, Lucas conquistando o espaço e assumindo o seu papel como líder de uma forma natural, fazendo o que diziam ser impossível e com isso conquistando  aliados que antes estavam desgostosos com o seu surgimento.

A segunda parte da história vem como um agravante do enredo atual, o vampiro rei começa a ganhar força em meio aos Vampiros que começam a ficar perigosamente organizados, contudo os milagres dão uma nova cara ao livro mostrando uma ponta de esperança aos Humanos. Sem contar que o poder de combate de Lucas é infinitamente superior que as dos outros bentos ele tem praticamente os poderes dos vampiros representado pelos seus olhos brilhantes amarelos, coisa que os demais bentos atuais não possuem e é o único que se mostra capaz de segurar o impeto dos Bentos coisa que era impossível ate então.

 

Bento – André Vianco

Bento - André Vianco
Bento – André Vianco

A luta entre duas forças igualmente destrutivas, num mundo pós apocalíptico onde os humanos tem que viver em fortificações para sobreviver aos ataques de vampiros que são a raça dominante que cada dia crescem mais e mais uma nova raça surge, os bentos.

Após a noite maldita uma boa parte da população mundial caiu num sono profundo, com o passar do tempo alguns acordavam malditos, sugadores de sangue que matavam sem nenhuma misericórdia, outros acordavam humanos porem com uma sede de batalha e com um gosto pela caçada aos vampiros como nenhum outro humano seria capaz de ser até que surgiu o Lucas, um bento que tinha a força dos vampiros e o coração humano, suas habilidades e conquistas como bento nunca poderiam ser comparadas com nenhum outro.

Lucas veio para alterar a balança quebrar o impossível e destruir a maldição dos malditos, e com ele vieram os milagres, e com esses milagres o jogo mudou de sentido e os humanos passaram de caça para caçadores.

O livro tem um excelente desfecho, apesar de ser parte de uma triologia adorei a forma como a história é bem estruturada e como o mesmo consegue brincar com nossa imaginação em ver um humano capaz de ser único em meio ao desespero.

Apesar da mistica dos vampiros serem mais “clássicas” como ingleses ou europeus a ideia de um Brasil pós apocalíptico com eles literalmente comandando e sempre em caçadas por “rios de sangue” que são adormecidos que permanecem vivos ate acordarem sem a necessidade de alimento ou cuidados é muito legal.

Principalmente por ser um autor Brasileiro e por essa magia que ele conseguiu adicionar ao livro eu recomendo, é um excelente livro!